Alegria, alegria

Um dos maiores presentes que podemos nos oferecer é investir na alegria. Muitos vivem em busca de felicidade, mas tal anseio, no geral mal-entendido, acaba por causar, no dia a …

O tempo de uma paixão

Quando conheci a Marcela, ela tinha trinta e dois anos e namorava (às escondidas) um homem chamado Murade, encarregado de supervisionar os empregados na empresa de engenharia que ela gerenciava. …

Ikigai, razão de ser e de viver

Fazia menos de um ano que meu amigo de infância largara o trabalho numa revista de notícias porque não aguentava mais. Mudou de cidade, alugou uma casa e optou inicialmente …

Cuide bem de você

No dia a dia, esforçamo-nos para melhorar nosso conforto material, para ter mais sucesso na área profissional, para ser mais reconhecidos por nossos pares, para nos cercar de pessoas que …

Menos é mais

Cresci ouvindo meu avô dizer – e de modo repetido – que é fundamental aprender a frear nossos desejos. Muita gente é infeliz porque não consegue desfrutar do que tem …

Útil desocupação

Férias de escola implicava para nós um tempo de liberdade. Sem o roteiro da escola, e gestantes de nossas atividades lúdicas, havia espaço para mil invenciones, olho liberado para analisar …

Futuro provável

O que ela amava acima de tudo era fazer bolos – o que um tio confeiteiro lhe ensinara. Trabalhava na cozinha, um corredor apertado, junto à sala ampla e que …

O contágio do silêncio

Tenho uma amiga muito querida na Espanha. Nascida em Madrid, vive desde 2014 em Oviedo, capital das Astúrias. Há alguns anos fizemos um acordo: uma vez por semana nos escrevemos …

Sobre o desamor

A vida da Rita é um inferno de brigas. A razão lhe diz: “o melhor é a separação”. No entanto, temerosa (e inundada por culpa), insiste em iludir-se com a …