Caminhos

Ando toda manhã. Principalmente por razões contemplativas. Porque isso me permite pensamentos belos e generosos que a natureza me faz pensar. Levanto cedo. Ando devagar. Caminho cinquenta metros e chego …

Dia comprido

Era o marido da dona Analu quem gostava das flores. Mas era a dona Analu quem chamava o Ichiro para cuidar do jardim, um rapaz dotado de natureza amável e …

Fora e dentro

Comovo-me ao ler o poema de Rilke “O homem que lê”. Fico então com vontade de sair à caça da tarde e do sol, sobretudo hoje que o dia amanheceu …

O tempo de uma paixão

Quando conheci a Marcela, ela tinha trinta e dois anos e namorava (às escondidas) um homem chamado Murade, encarregado de supervisionar os empregados na empresa de engenharia que ela gerenciava. …

A carta

Hoje encontrei uma carta de uma amiga da faculdade, ela quem partiu do Brasil há mais de dez anos. Sentei à mesa próxima às janelas altas para ler devagar, sentindo …

Sustentar a paz com atenção

Todos sabemos que usar palavras ofensivas não resolve nada e apenas gera tempestade de emoções e infelicidade. O cuidado no falar nos ajuda a desenvolver a habilidade de nos comunicar …

Flanando pelas coisas

É verdade: sentir as coisas que são belas é sempre uma aventura terna – o amor paciente frente às dificuldades mútuas, a paz entre amigos além dos espinheiros, a coragem …

Preste atenção na sua raiva…

A vida não é fácil. Desafios, problemas, frustrações são parte da vida. É possível sofrê-los com sabedoria? Davide Grassi, vizinho da padaria que frequentávamos perto de casa, era um homem …

Do tempo

Como não tinha nada o que fazer, fui escovar o cabelo. E depois decidi caminhar na rua. Porque era o razoável àquela hora da manhã. No elevador, a senhora do …