Começar o ano

Ano passado, dei-me conta da coisa rara que é a amizade. Diante de um amigo sabemos que não estamos sós, que é possível transformar solidão em comunhão. Os dias ficam mais leves e fáceis quando contamos com a presença de uma pessoa que nos confia sua lealdade e sinceridade.
Em 2020, e de um modo intenso, passamos pela experiência do isolamento. Aprendemos a cuidar de nós,  a seguir regras para  cuidar dos outros, a tirar o foco do que não importa e a prestar atenção no que importa, pois só dessa maneira foi possível manter o equilíbrio, a paz e a esperança.
Um ano de crise sanitária possibilita lições importantes e que nos enriquecem, fazendo-nos entender que a vida nem sempre é um mar de rosas, mas, apesar disso, fazer nosso melhor nos impele a seguir em frente.
Entre desacertos e aprendizados, algumas dessas lições poderão nos guiar também no ano que começa:

Contente-se com o aqui e agora
A vida acontece apenas no presente. Logo,  o que importa é “este dia”, “esta hora”, “este momento”.
A vida é um fluxo, uma constante corrente de eventos. O desafio para cada um de nós é estar completamente presente, ou seja, viver o dia a dia sem se deixar sequestrar pelo passado (que nunca mudará) ou ansiar pelo futuro (que ainda não existe). Vivemos melhor, mais estáveis e conscientes, quando nos concentramos no  aqui e agora, buscando oferecer o nosso melhor a este exato momento…

Não se limite a uma única perspectiva
Minha avó dizia que um objeto não tem uma única função. Por exemplo, uma xícara de chá com a borda lascada pode ser usada como vaso para plantar singelos brotos… Assim, diante dos desafios, tente ver as coisas de maneiras diferentes para não se limitar apenas a um “único jeito”.

Alimente seu senso de gratidão
Todos os dias procure dedicar alguns minutos para identificar aquilo pelo qual você se sente grato. Isso ajudará a valorizar/ponderar sobre ações, situações e pessoas que oferecem paz e alegria ao seu dia a dia. Estudos diversos sobre os benefícios da gratidão demonstraram que manter um diário de gratidão ou enviar mensagens de agradecimento pode aumentar a nossa felicidade a longo prazo em mais de 10%. À medida que a gratidão nos torna mais fortes – física e mentalmente – é importante sentir gratidão por todos os dias, mesmo os mais rotineiros…

Conecte-se com a natureza
Comentei com dona Júlia, minha vizinha, que se sentia triste e solitária, sobre a importância da conexão com a natureza para nossa felicidade. Consegui convencê-la a cultivar plantas em sua casa. A ela  lhe bastou o parapeito de uma janela – bonitos vasos de suculentas. Comentou comigo que ali se tornou seu lugar favorito, um refúgio para aliviar sua mente…
Nosso equilíbrio e alegria cotidiana dependem da conexão com o mundo natural, pois somos parte da natureza. Então, não duvide: alguns momentos diários de solidão em algum local na natureza podem servir para clarear o caminho que vem pela frente.

E você? Quais são as lições que você está treinando para viver uma vida com mais beleza e significado?
Feliz Ano! Cariños, Eugenia Pickina

A vida não pode ser economizada para amanhã. Acontece sempre no presente. Rubem Alves

Notinhas
Para manter o equilíbrio – sobretudo emocional – é importante procurar não desperdiçar tempo com comparações, competições e distrações. Lembrar de relacionar-se com o outro sendo gentil e protegendo-se das pessoas tóxicas e egoístas. Por fim, reconhecer os limites – próprios e alheios.
Imagem: Unsplash.