Reserve um tempo para espairecer

Somos pressionados no dia a dia pelo tempo, pelo trabalho, pelos compromissos diversos.
A vida é corrida. A maioria de nós precisamos acelerar e nos esforçar para dar conta de tudo o que é necessário fazer e cumprir.
No entanto, se entrarmos nesse tipo de rotina, sem nos abrir para um não-fazer, perdemos de vista nossa paz e bem-estar. Evidentemente, a tendência será nos sentirmos ansiosos ou cansados, pressionados pelo cotidiano.
Para desacelerar e enriquecer a vida, seja qual for o dia, você pode tentar arrumar um tempo para espairecer e se envolver de maneira suave pelas coisas ao redor.
Mesmo se estiver na cidade, por toda parte há cenários interessantes que evocam a natureza: uma praça agradável, um parque seguro, um belo jardim protegido que o ajude a perceber que também é parte da natureza.
Sobretudo nos dias mais atribulados ou difíceis, quando se sentir inquieto, irritado ou estressado, abra espaço para espairecer perto da natureza. 10 ou 15 minutos, no mínimo, e sua mente e coração se sentirão revigorados. Concentre-se totalmente nesse ambiente ao ar livre e use seus sentidos para escutar, por exemplo, o canto dos passarinhos, o mover-se das folhas nas árvores… Procure absorver ao máximo o mundo natural, pois ao fazer isso, você se notará mais tranquilo, mais seguro, mais bonito.
De verdade, ainda que por poucos minutos, praticar o espairecer, ajuda-nos a infundir em nosso corpo vitalidade, leveza, e isso, por sua vez, gera serenidade mental, renovando nossa confiança, paciência e alegria.
Eugênia Pickina

Notinha
Somos (mais) inclinados à paz e à alegria. E, como somos influenciados pelo ambiente em que vivemos, nessa época acelerada, precisamos cultivar o hábito de fazer uma pausa para espairecer e então prosseguir com nossos afazeres mais calmos e confiantes, sem receio de deixar de lado o trivial para concentrar-se no que realmente importa à nossa felicidade. O contato com a natureza é fundamental para uma vida simples e inteligente. Ademais, Thich Nhat Hanh sabiamente alerta que “só existe um tempo importante e este tempo é agora.” Integre-se, portanto, com ânimo e alegria ao presente.